/
/
Sobre o Sacrifício

adicionar a sua prateleira?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no reddit
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Sobre o Sacrifício

Henri Mauss, Marcel E Hubert

SKU: 9788592886202 Categoria: Tags: ,

Análise minuciosa sobre o fenômeno do sacrifício, tomando os exemplos dos rituais védicos e judaicos. Os autores – entre os pais fundadores das ciências sociais – descrevem os mecanismos dos rituais e a recorrência de alguns de seus elementos para então formular a unidade do conceito de sacrifício, que mais tarde pode ser adotado para observar fenômenos análogos em outras culturas. Especialistas em História das Religiões, eles defenderam uma visão polêmica para a época em que o livro foi publicado- independentemente de crenças pessoais, a religião é um fato social. Na obra, Mauss e Hubert também analisam a própria base da moral, ao passar por conceitos como contrato, remissão, pena, dádiva, abnegação e alma. Mais além, os autores propõem uma metodologia inovadora, que seria pautada por fatos típicos obtidos através de documentos diretos. Assim, rompem com seus contemporâneos e se baseiam em textos sânscritos e na Bíblia, escritos pelos próprios atores que praticam os ritos. Desmontar e descrever o mecanismo do sacrifício, com base no exemplo do ritual animal védico, foi a maneira escolhida para desvendar os seus traços de sua unidade. Definir a essência do sacrifício permite realizar uma nova leitura de uma ampla gama de rituais oriundos das culturas hindus, hebraicas e gregas, a despeito de sua diversidade. Em oposição aos evolucionistas, que partiam da hipótese de que teria havido uma forma de sacrifício mais simples e primitiva da qual todas as outras derivaram por difusão, os autores buscam em documentos primários os princípios que sustentam seu objeto de estudo.

Sobre o Sacrifício

Henri Mauss, Marcel E Hubert

R$49,90

Em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Entrega Estimada

Análise minuciosa sobre o fenômeno do sacrifício, tomando os exemplos dos rituais védicos e judaicos. Os autores – entre os pais fundadores das ciências sociais – descrevem os mecanismos dos rituais e a recorrência de alguns de seus elementos para então formular a unidade do conceito de sacrifício, que mais tarde pode ser adotado para observar fenômenos análogos em outras culturas. Especialistas em História das Religiões, eles defenderam uma visão polêmica para a época em que o livro foi publicado- independentemente de crenças pessoais, a religião é um fato social. Na obra, Mauss e Hubert também analisam a própria base da moral, ao passar por conceitos como contrato, remissão, pena, dádiva, abnegação e alma. Mais além, os autores propõem uma metodologia inovadora, que seria pautada por fatos típicos obtidos através de documentos diretos. Assim, rompem com seus contemporâneos e se baseiam em textos sânscritos e na Bíblia, escritos pelos próprios atores que praticam os ritos. Desmontar e descrever o mecanismo do sacrifício, com base no exemplo do ritual animal védico, foi a maneira escolhida para desvendar os seus traços de sua unidade. Definir a essência do sacrifício permite realizar uma nova leitura de uma ampla gama de rituais oriundos das culturas hindus, hebraicas e gregas, a despeito de sua diversidade. Em oposição aos evolucionistas, que partiam da hipótese de que teria havido uma forma de sacrifício mais simples e primitiva da qual todas as outras derivaram por difusão, os autores buscam em documentos primários os princípios que sustentam seu objeto de estudo.

Avaliações

0

Tempo de Leitura

14 horas

Editora

UBU EDITORA

Páginas

140 páginas

Acabamento

brochura

ISBN-13

9788592886202

presente nas listas

Descubra títulos novos relacionados com ele nas listas abaixo​

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Sobre o Sacrifício”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mood do leitor

Mind blowing 🤯

Reflexivo 🤔

Tempo/Espaço

Vish... não sei a resposta ❓

Sabor:

Salgado 🍟

Análise minuciosa sobre o fenômeno do sacrifício, tomando os exemplos dos rituais védicos e judaicos. Os autores – entre os pais fundadores das ciências sociais – descrevem os mecanismos dos rituais e a recorrência de alguns de seus elementos para então formular a unidade do conceito de sacrifício, que mais tarde pode ser adotado para observar fenômenos análogos em outras culturas. Especialistas em História das Religiões, eles defenderam uma visão polêmica para a época em que o livro foi publicado- independentemente de crenças pessoais, a religião é um fato social. Na obra, Mauss e Hubert também analisam a própria base da moral, ao passar por conceitos como contrato, remissão, pena, dádiva, abnegação e alma. Mais além, os autores propõem uma metodologia inovadora, que seria pautada por fatos típicos obtidos através de documentos diretos. Assim, rompem com seus contemporâneos e se baseiam em textos sânscritos e na Bíblia, escritos pelos próprios atores que praticam os ritos. Desmontar e descrever o mecanismo do sacrifício, com base no exemplo do ritual animal védico, foi a maneira escolhida para desvendar os seus traços de sua unidade. Definir a essência do sacrifício permite realizar uma nova leitura de uma ampla gama de rituais oriundos das culturas hindus, hebraicas e gregas, a despeito de sua diversidade. Em oposição aos evolucionistas, que partiam da hipótese de que teria havido uma forma de sacrifício mais simples e primitiva da qual todas as outras derivaram por difusão, os autores buscam em documentos primários os princípios que sustentam seu objeto de estudo.

Mais livros, aleatoriamente

Em estoque

crie
sua
conta

já tem conta?

Conte-nos mais sobre seus gostos, a gente te manda uma sugestão em breve. Combinado?